Segurança nas Piscinas

Existem vários cuidados que devemos ter em conta ao planear e utilizar piscinas para garantir a segurança das crianças.

Um primeiro cuidado é ter em conta o posicionamento das piscinas em relação às habitações. As piscinas devem estar localizadas numa zona em que seja visível do maior número de divisões da casa possível com especial atenção à sala e cozinha, pois são os espaços de maior utilização.
É preciso ter em atenção que as medidas de segurança devem ser tomadas, quer a família tenha crianças ou não. Poderão viver crianças em habitações vizinhas que se aventurem na sua piscina quando menos o espera.
Entre as varias soluções existentes, destaca-se a instalação de uma cobertura na piscina, como sendo a mais eficaz Além das coberturas existem outras soluções mais simples como os alarmes e as barreiras de proteção.

Segurança nas Piscinas

Sistema de alarmes sem fios
O alarme não substitui em caso algum a vigilância de um adulto. O sistema de alarme deve ser um produto certificado, e deve ser instalado por um profissional competente.
Existe o alarme de proteção com postes, que consiste na aplicação de 4 postes nos vértices da piscina ligados ativamente entre si por infravermelhos.
O bloqueio do sinal ativará a sirene instantaneamente que poderá ser desativado com uma chave magnética.
Outro sistema de alarme, é um aparelho que deteta quedas na piscina 24h por dia, 7 dias por semana. Graças às últimas tecnologias de microprocessadores, o Aqualarm analisa permanentemente as ondas da sua piscina. Qualquer que seja o equipamento da sua piscina e as condições atmosféricas (vento, chuva, etc), o seu software utiliza as mais modernas tecnologias para evitar falsos alarmes. Mas mais uma vez o alarme não substitui em caso algum a vigilância de um adulto responsável.

Barreiras de proteção
As barreiras de segurança impedem as crianças de chegarem perto da piscina quando esta não se encontra vigiada por um adulto. A liberdade de escolha, no que toca ao enquadramento das barreiras é considerável, permitindo que estas se adaptem perfeitamente no seu jardim e a todos os tipos de piscina. Podem ser compostas por painéis de PVC rígido transparente com tratamento anti U.V, postes de fixação em alumínio lacado. A altura mínima a utilizar deverá ser sempre de 1,20m para que seja impossível transpor a vedação. Existem também as barreiras de proteção em rede plástica, amovíveis em rede extremamente forte fixado a barras de alumínio que se fixam ao chão. “

Segurança nas Piscinas